5 de nov de 2013

Indefinido Amor / Capítulo 46


Eu te amo. Te amo mais que minha própria vida.

[...]

Justin-On

Sabe quando tudo da errado e você deseja que seja um pesadelo? É assim que estou. A cidade fazia, já se passava da meia noite, uma enorme tempestade deixava o clima ainda mais frio. Eu sabia que (Seu Nome) não estava em casa, nesses momentos, você quer ficar em qualquer lugar, menos em casa. Ela estaria sempre no seu cantinho, que me mostrará uma fez. Uma praça, debaixo da arvore maior, onde dava lindas flores roxas. Ela me dizia que se sentia bem ali, pra pensar, escrever besteiras em seu caderno ou até mesmo olhar pro nada. Ela dizia que ali, era o melhor lugar da sua vida, não tão melhor quanto nos meus braços. E as vezes, se me dissessem que teria de escolher um pedido, pediria pra voltar naquele dia. Foi o melhor das nossas vidas.

Jus- eu sabia que você não tinha indo pra tão longe. – ela me olhou assustada e permaneceu sentada– Dennis só se aproveitou de você. Aquela foto era montagem – sentei ao seu lado e tentei pegar em seu cabelo, e rapidamente se curvou. Suspirei, e a vi olhando pra minha boca, pro meus machucados– Antes que pergunte, dei uma boa surra no Dennis. Ele está totalmente imóvel, no passeio da sua própria casa.

Vc- ele também bateu em você, o que não deixa de ser merecido.

Jus- não seja assim, já foi provado que aquele não era eu.

Vc- provado? De quem? Quem me garante que fala a verdade? Você é galinha Justin e sai quebrando corações de garotas por ai. Não há nada que se possa fazer, para meu coração parar de sangrar. Sai de perto de mim, seu cheiro me enjoa.

Jus- eu não sou um lixo. – a olhei indignado

Vc- é sim. Ficar comigo e depois me deixar, sem mais nem menos, o tornar o pior lixo do mundo.

Jus- não deixei. Se não estivesse nem ai pra você, não iria atrás do Dennis, bateria nele ao ponto de quase matá-lo e não estaria aqui agora, implorando pra que acredite em mim, com desespero que realmente me deixe, sem eu ao menos ter feito nada.

Vc- poupe suas palavras e me deixei em paz.

Jus- (Seu Nome)... –peguei no braço, e ela retirou bravamente se levantando. –

Vc- sai, não me toque! Me esquece garoto. –revirou os olhos, absolutamente cheios de lagrimas, e me deus as costas. Não poderia deixá-la partir daquela maneira. Eu precisava lutar, até o ultimo segundo da minha vida–

Jus- eu te amo. Te amo mais que minha própria vida.


Vc- e eu te odeio. Te odeio tanto que meu coração não consegue voltar ao normal, depois de quebrá-lo.

Ela tirou minhas mãos do seu rosto e saiu correndo. E aquilo tudo, me deixava péssimo. Porque eu sabia que não tinha culpa nenhuma. Aquele não era eu.

[...]

Acordei com uma dor de cabeça insuportável. Tentei ficar em pé, mas tudo girava e meu estomago se dizia pronto para repetir a performance da noite anterior, então me deitei de novo.

O sol pela minha janela, indicava que já era hora de ir pro colégio. Eu me firmei, tomei um banho, vestir minhas roupas e desci as escadas. Avistei minha mãe como sempre lendo algum livro e tomando seu leve suco de laranja, enquanto Rose preparava minhas deliciosas panquecas. As comi com certa pressa. E pela primeira fez, em toda minha vida, abracei a mamãe e disse que a amava. Ela me olhou surpresa e apenas disse “eu também amo você” me sentir esquisito, mas preferi sorrir, e pegar a chave do meu carro. Que alias, não peguei engarrafamento, como sempre pego. A sorte estava do meu lado, não tão do meu lado, que (Seu Nome) me ignorou totalmente no colégio. E isso durou, horas, dias, semanas. Era como uma tortura não a ter comigo. E a via de conversinha com uns cara, tudo bando de filho da puta, olhando pras pernas dela, e, caralho, ela é minha. Eu só precisava provar a ela que, aquele na foto, não era eu. Mas também, ela não dizia que me amava? Se me amasse tanto como dizia, ela teria acreditado em mim.

Você-On

Ele não dizia que me amava? Se me amasse tanto como dizia, ele não teria me traído. E ainda na maior cara de pau, vim atrás de mim dizendo “eu te amo! Por favor, acredita em mim!” eu não quero mais saber dele, apesar de ser algo angustiante olhá-lo e não poder tocá-lo e estar envolvida nos seus braços, coberta de seu amor. Mas sei, que isso, de alguma forma passaria. E que teria de esquecer ele, por bem ou por mal.

Já tinha se passado, mais de duas semanas e estávamos feito crianças. Um ignorando o outro. Nicholas insistia em me apresentar pessoas novas, caras idiotas que só falavam de esportes. E Justin olhava com tanta raiva, que nem conseguia disfarça, algo ate engraçado de ver. Dennis sempre me tratava bem e sempre me fazia rir com alguma besteira dele, mas no final, estava no seu colo chorando pelo o quanto eu sinto a falta do Justin. Dennis era completamente fofo, e paciente. Me levava pra tomar sorvete, ou ver algum filme. Tentava de qualquer jeito, me fazer parar de pensar no Justin, mas não dava. Ele estava dentro de mim, dentro do meu coração, e eu sentia muito, muito a ausência dele. E isso ia partido meu coração aos poucos. Bem aos pouquinhos.


DIVULGANDO






Oi princesas, obrigada pelos comentários e pelos seguidores tbm! Serio, obrigada por sempre acreditarem em mim, isso é muito importante pra mim. Obrigada por terem paciência quando demoro a postar, ou entender que tenho provas e preciso estudar tbm.

Vocês são tudo pra mim! 

18 comentários:

  1. thata como vc consegue ?? escrever tão bem assim ??
    aha continua linda

    ResponderExcluir
  2. Please continua logo sua DIVA
    AMO VOCÊ ♥

    ResponderExcluir
  3. Para eu to chorando lágrimas de sangue aqui, pllmds eu necessito voltar com Justin!
    Cooontinua

    ResponderExcluir
  4. Heeey continua DIVA não para não hein, necessito do próximo capitulo... CONTINUAAA!!!

    ResponderExcluir
  5. AMEEEEEEEEEI POHA :O Carai CARAI CARAI ODORO QUANDO EM IBS QUE UM IGNORA O OUTRO E NO FINAL ACONTECE ALGO EXTRAORDINÁRIO ANNNW . CONTINUA LINDA , MINHA DIWA <3 ( VC FOI NO SHOW DO JUSTIN ? EU NÃO :( )

    ResponderExcluir
  6. PEQUEPÊ NÃO ACREDITO NISSO! CONTINUA PELO BIEBER AMADO!!

    ResponderExcluir
  7. Que perfeeito! Coontinua logo prin' berijo

    ResponderExcluir
  8. amr vc ainda lembra de mim ne???????? pois e sou eu a justin1heartt.


    continuaaaaaaa

    ResponderExcluir
  9. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH QUE DEMAIS , CONTINUA LOGO , PLEASE , TA PERFEITO DEMAIS ISSO *U*

    ResponderExcluir
  10. Ta perfeita!! Cara eles não podem ficar longe um do outro!! Ela tem que acreditar nele,acreditar no seu amor,Eles se amam mais que tudo!! Ela Não Pode Acreditar No Dennis,Não Pode!!!
    Pelo amor de Deus,esses dois tem que ficar Juntos e logo!! Fassa isso por favor
    aushausha Obrigado por divulgar o meu Blog *-* Beijundas amo !

    ResponderExcluir
  11. Continuaaa ta perfeito demais,eu acho que ela tinha q descobrir que o justin nao a traiu mas ai ja seria "tarde demais" bjosss dei uma ideia mas vc que sabe

    ResponderExcluir
  12. Omg
    Q pft,continuaa!
    Xx Lorena

    ResponderExcluir
  13. Continuaaaaaaaaaaaaaaaa pfv
    Ta perfeita mt mt mt mesmo
    By.: Yasmin do Bieb's

    ResponderExcluir
  14. awww, eu amo suas histórias sériozão <3 e continua ein u-u

    ResponderExcluir